Sobre a Divergente Quântica


Blog sobre Física Quântica, Saúde Mental e Doramas! Uma blogueira empata e autista nível 2, no caminho infinito do autoconhecimento, apaixonada pela lei da atração e todas as leis que regem o nosso universo. Um blog que vai expandir a sua consciência!

     

Um pouco Mais sobre mim:

Aqui eu posso ser a Camilla doidinha em paz. Eu escrevo, dou risada e desabafo comigo mesma. Como não sou lá essas coisas de sociável, decidi ser minha melhor amiga. Não que eu não tenha algumas poucas e boas amigas, que vejo de vez em séculos, quando consigo sair de casa.

Meu blog é como uma terapia espiritual. Pois, a minha Centelha também se expressa através dele. Sim, eu converso com essa outra parte de mim também.

A Centelha Divina é o nosso Eu Superior. São tantos nomes, mas o mais simples é o mais poderoso; "EU SOU". Acredite, a sua alma é uma Centelha de Deus. 😍


O que você vai encontrar no Blog:

Coisas sobre meus queridos hiperfocos! Que são autoconhecimento e suas vertentes. Espiritualidade (sem religião), saúde mental, autoajuda, bem estar... Enfim, tudo que faz bem e nos ajuda a evoluir. Por essas e outras, me tornei uma Dorameira assídua. Pra mim, Doramas são mais que simples seriados. Cada Dorama assistido, é uma nova expansão de consciência.

Como ainda estou conhecendo meu espectro, a neurodiversidade fica bem presente em alguns textos. Também compartilho minhas descobertas e dicas para quem sofre com doenças invisíveis. Algo difícil que aprendi, é como me manter conectada com a Centelha, mesmo em momentos de crise e dor. Então, eu tento ajudar de alguma forma.

Por causa da minha mente atípica, que é TEA/TDAH/TPS, foi um pouco sofrido pra mim ter hiperfoco na espiritualidade. Porque não conseguia fazer direito essas coisas de gente Zen. Pra me ajudar, a Centelha me apresentou algumas alternativas, que irei ensinar por aqui. Vou contar todo meu processo pra vocês, meus erros e acertos.

Também tem aquilo tudo que já tinha no blog antes do nome mudar: Dicas de Física Quântica, técnicas da Lei da Atração. Resenhas de livros, filmes, documentários e séries. Ensinamentos de Neville Goddard, Joel Goldsmish e Saint Germain. Estudos dos princípios da Filosofia Hermética de O Caibalion. Um pouquinho sobre ferramentas de reprogramação como Ho'oponopono, Biokinesis, Arquétipos, Grabovoi e muito mais... (Nessa pequena área abrangente toda aí que vocês leram!)


Meu Começo na Blogosfera.

Nem tudo são lágrimas na vida de uma neurodivergente. Graças a minha fobia social, eu dei um jeito de aprender coisas diferentes e trabalhar em casa. Eu tinha um blog de moda antes. Uma coisa legal, é que conseguia ganhar muitas roupas das lojas como parceria, só com a Lei da Atração. (E com a minha inteligência que nem é tão ruim.) Na época era algo inovador isso de parceria com loja online.

Fui uma blogueira bem raiz mesmo, daquelas que escreviam com a mão. Hoje em dia nem escrevem mais. (A parte da mão coloquei pra bugar.) Desconfiei que algo de estranho não estava muito certo, quando não consegui parar de usar roupas de bichinhos e coisas fofas. Aí eu achei melhor abandonar a vida de blogueira fashion e fiquei só nos publi posts.

Infelizmente, eu perdi o Blog Tanamoda em 2023, e fiquei só com o Blogueira Quântica, que era mais secreto. Então, senti ser um sinal para focar no autoconhecimento. Só que palavra Blogueira mudou de significado com o tempo.  Por isso, depois do meu diagnóstico, decidi trocar para Divergente Quântica.

Esse blog já teve vários nomes. Começou como CK Designs, quando eu fazia layouts para Blogger. Fui bem requisitada, na época que as blogueiras ainda escreviam com a mão. Brevemente, virou Blogueira Esperta. Eu ia falar sobre marketing digital, mas a vibe durou pouco tempo. Em seguida, a coisa toda foi espiritualizando e chegamos aqui. (Olha os hiperfocos do meu TDAH perdendo a graça. Só que meu lado alquimista é do Autismo. Acho que agora vai, oremos.)

Seja bem-vindo ao meu cantinho maluco beleza, meio metamorfose ambulante indecisa! (Toca Raul! Melhor não, deixa meu sensorial quietinho. Ei, a música do "EU SOU" era verdade. Entendedores entenderão. Falei e saí correndo. Fui!)